Como estruturar uma redação nota 1000


Assim que somos alfabetizados, lá no começo do Ensino Fundamental, temos noção de que escrever é uma das coisas mais fáceis embora nem todos gostem da prática, porém, não é bem assim, com o passar do tempo vamos percebendo o quão difícil é estruturar e organizar ideias, sobretudo quando nos é apresentado um tema surpresa, como no caso de vestibulares e concursos, por exemplo.

Por isso, separamos algumas dicas de como estruturar melhor sua redação para alcançar nota máxima. Não é uma tarefa fácil, mas também não é impossível, como dedicação, prática e foco, tudo se encaixa. Vamos lá?

1. Leia

Sim, ler é uma das principais atividades que podem te auxiliar na boa escrita. Quem lê bem, escreve bem. Por quê? Bom, quando temos o hábito da leitura, consequentemente - e involuntariamente - aprendemos sobre ortografia e gramática. Ressaltamos aqui, também, a possibilidade de acréscimos de argumentos, afinal, quanto mais lemos, mas conhecimento e domínio sobre o tema adquirimos, sendo assim, conseguimos observar o assunto de outras perspectivas.

2. Treine

Redação exige treino na maneira de escrever, de organizar ideias e informações. Escreva textos sobre qualquer tema, seja sobre seu dia no trabalho, sobre a crise econômica, temas históricos, sobre a educação dos seus sonhos, enfim, escreva sobre tudo. Escreva muito.

3. Humanize sua redação

Ter um vocabulário rico nos ajuda em vários aspectos, inclusive na hora de escrever aquela redação que está te esperando no final da prova, porém essa riqueza às vezes acaba nos atrapalhando. Use-a, mas cuidado para não abusar, escreva de forma que toda e qualquer pessoa entenda o que você quer dizer. Evite palavras muito complicadas assim como você evita as tais palavras “chulas”.

4. Não fuja da estrutura tradicional

Todas as redações precisam ter introdução, desenvolvimento e conclusão. O formato é esse e é ele que você deve seguir para não embaralhar as ideias na hora de passá-las para o papel. A introdução é basicamente sua tese sobre o assunto (em textos dissertativos-argumentativos, lembre-se de não fazer uso da 1ª pessoa do singular e da 2ª pessoa do plural e do singular, por exemplo, ‘eu’ e ‘você’); o desenvolvimento é aquele espaço que você tem para apresentar seus argumentos; a conclusão é a proposta de intervenção social daquela situação.

É isso, meu povo!

Leia, pense bem, treine, discuta, respeite os direitos humanos e arrasa! Temos certeza que você vai brilhar e a próxima nota mil é sua!

#Prévestibular #ENEM #UnB #Preparação #Redação

0 visualização

(061) 9 9417-0000 / (061) 3554-2138

Asa Sul, CRS 512, Bloco C, Entrada 73

Brasília/DF

CEP 70.360-525